quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Paixão Numa Noite de Inverno, Eloisa James



Título Original: An Affair Before Christmas
Autoria: Eloisa James
Editora: Quinta Essência
Nº. Páginas: 381
Tradução: Maria Dulce Guimarães da Costa & Maria Manuela Novais Santos


Sinopse:

Num Natal fabuloso, Lady Perdita Selby, Poppy para amigos e família, conheceu o homem que pensou ir amar para sempre. O diabolicamente atraente duque de Fletcher era o marido perfeito para a inocente e bela inglesa, e o seu casamento foi o mais romântico que ela alguma vez vira. Quatro anos mais tarde, Poppy e o duque tornaram-se o alvo das atenções da alta sociedade... mas, por trás de portas fechadas, a chama do seu amor extinguia-se. Relutante em perder a mulher que continua a desejar, o duque está determinado a voltar a conquistar os deleitáveis afectos da sua encantadora noiva... e a ultrapassar os dias impetuosos do primeiro amor com uma sedução verdadeiramente pecaminosa.


Opinião:

Com uma capa deslumbrante e um título sugestivo, Eloisa James apresenta, na sua estreia em território português, um romance histórico delicado, envolvente e recheado de personagens fortes, decididas e, sem dúvida, marcantes. Evidenciando-se pelas exuberantes descrições, capítulos curtos que apelam à leitura compulsiva e diversidade de personalidades intervenientes, esta é uma autora inteligente que sabe como cativar um leitor experiente no género e que, facilmente, o mantém agarrado às suas páginas do principio ao fim.

Dotado de um estilo de escrita suave e complacente, Paixão Numa Noite de Inverno acolhe uma história interessante sobre um casal que há muito deixou de partilhar a chama e essência dos primeiros meses de verdadeiro amor e contacto para se deixar cair na rotina diária de mais um par de duques, de Inglaterra. Esse sentimento tão profundo e necessário à felicidade de um homem e de uma mulher que se encontram unidos pelo casamento, será a base de muita e complicada disputa, luta e cedências mas que, no seu íntimo, servirá de base e motivo a um relacionamento mais forte e sólido, até, quiçá, inquebrável.

Poppy apaixonou-se numa mágica noite de Paris, em plena época natalícia – a quadra mais bonita que, anualmente, envolve a cidade. Ao duque de Fletcher, aconteceu o mesmo. Perdidos de amor um pelo outro, os dois partem para Londres não só em busca de um futuro promissor como de uma belíssima vida em conjunto. No entanto, a educação de Poppy faz com que esta não compreenda, não aceite nem tenha a capacidade de desfrutar dos prazeres mais básicos e comuns de um casal e, por isso, Fletcher vê-se forçado a enveredar por outras opções, talvez até com outras mulheres.
Será Fletcher capaz de resistir ao mais, simples, inocente e acolhedor encanto feminino? E terá Poppy vontade suficiente de mudar?

O que mais me atraiu neste romance foram as personagens. Tão distintas entre si, estas têm a habilidade de levar o leitor tanto a odiá-las do mais fundo do coração como a amá-las com todo o seu ser, passando igualmente por sentimentos de compaixão, ternura e mesquinhez. Acredito que, acima de tudo, são todas estas intervenções que verdadeiramente enaltecem a obra, elevando esta a todo um diferente e emocionante nível.
Poppy é uma mistura de emoções estrondosa ao se apresentar como uma mulher apaixonada e devota mas inexperiente e de cabeça feita – pela mãe –, assim como, mais para o fim, com uma postura adulta, feminina e de pura mulher no mais sensacional do termo. A sua transformação e crescimento são indescritíveis e, por isso mesmo, extremamente apelativos.

Fletcher conquista pelo seu temperamento controlado e vontade de mudança para com Poppy, mesmo que, para isso, se tenha de remodelar numa pessoa completamente diferente. A sua persistência e profunda devoção são as características que melhor o definem e que, consequentemente, mais suspiros femininos fazem soltar. Um homem espantoso e um duque de invejar.
Jemma é a melhor amiga que queremos ter sempre por perto. Extravagante, conquistadora e sem qualquer tipo de escrúpulos ou receios, é uma personagem que intriga, afeiçoa e deslumbra. Uma autêntica mulher de armas que irá provar, a tudo e todos, aquilo de que é capaz – e não só de nome!

Lady Flora aprisiona por trazer, ao de cima, o pior que existe no íntimo de cada um de nós. Encarnando o diabo em pessoa, ela é uma mulher de ideias fixas e muitos complexos e que não olhará a meios para atingir os seus fins, principalmente se a integridade física da sua filha estiver em causa. Horrível, supérflua e infernal, é o tipo de personagem que consciencializa pelo lado negativo.
Finalmente, não posso deixar de referir o magnífico duque de Villiers. Um homem fragilizado, inteligente e muito, muito sedutor que me conquistou logo à primeira aparição. Uma personagem secundário, sem dúvida, a ter em conta.

Aparte das personagens, dou ainda destaque às eximias descrições de época, vestuário e costumes e à notável paixão e dedicação que Eloisa James depositou neste seu romance. Paixão Numa Noite de Inverno é um romance formoso, com uma história de amor bonita e um desenlace curioso que, certamente, irá apelar a um vasto leque de leitores, principalmente leitoras. Uma excelente aposta da Quinta Essência, que continua a deslumbrar os seus leitores com narrativas cheias de esplendor!

6 comentários:

Ash disse...

Não achaste um romance romântico? :)

Pedacinho Literário disse...

Sim, Ash, um pouco. Contudo, acho que faltou algo ao romance principal, não sei bem explicar o quê. Gostei imenso do desenvolvimento do “romance” com o duque de Villiers, esse sim deixou-me encantada... :)

Elphaba J. disse...

Boa opinião miga... ai ai, ainda tenho de comprar este, "O Beijo Encantado" não pode ficar a sentir-se sozinho na estante :P

Beijinhos*

Pedacinho Literário disse...

'Brigada, miga. Ah pois, acho bem que arranjes companhia ao «O Beijo Encantado». ;)

Beijinho

Angela ;) disse...

parece ser um livro interessante:)
gosto de romances

Pedacinho Literário disse...

É um bom romance de época, Angela :)

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.