segunda-feira, 28 de março de 2011

Encontro Inesperado, Jill Mansell



Título Original: Perfect Timing
Autoria: Jill Mansell
Editora: Chá das Cinco
Nº. Páginas: 338
Tradução: Isabel C. Penteado


Sinopse:

Na véspera do seu casamento, Poppy Dunbar conhece Tom. Ele é alto, atraente, dono de um sorriso irresistível, e Poppy não consegue livrar-se da sensação de o ter conhecido toda a vida. Combinam um encontro mas a jovem não tem coragem para aparecer. O problema é que também já não consegue avançar com o casamento.
Ganhando subitamente  fama de destruidora de corações, Poppy decide partir para Londres e começar tudo de novo. Instala-se na casa boémia de Caspar French, um belíssimo jovem artista com reputação de sedutor, mas nem assim consegue esquecer Tom. E enquanto não o voltar a ver, nunca saberá se o encontro deles estava destinado, ou se foi apenas uma questão de timing...


Opinião:

Encontro Inesperado é uma obra revigorante, energética e incrivelmente divertida. Uma vez mais, Jill Mansell faz as delicias do leitor ao apresentar um vasto leque de personagens peculiares e diferentes mas que, ao mesmo tempo, ao longo da narrativa, se vão complementando entre si, culminando numa história de amor e amizade perfeita e completa. As atribulações são geniais, com momentos de puro deleite e entusiasmo, e as surpresas de ler e chorar por mais. Todo o ambiente da história é fantástico, jovial e caloroso, numa paisagem londrina altamente artística e boémia de apertar o coração. Com a rainha do romance descontraído e cómico, a diversão é garantida.

Poppy Dunbar não só tem juventude e carisma como, de um momento para o outro, se consegue colocar no centro das mais imprevisíveis e intricadas complicações possíveis. Por exemplo, quando na sua despedida de solteira (e também véspera de casamento) conhece um enigmático e decididamente atraente homem de olhos escuros, de nome Tom, na mais peculiar das situações, as dúvidas acerca da possibilidade de um amor à primeira vista e de permanecer numa relação que, à partida, não mais acredita ser satisfatória, acabam por ser difíceis de afastar. Por isso, e sem qualquer apoio moral, familiar ou amigo, Poppy foge para Londres onde acredita ser capaz de encontrar a felicidade, e é assim que, numa questão de tempo e de sorte, ela acaba por ir viver numa casa onde a loucura é rainha. Recheado de personagens elegantes e espectacularmente doidas, como Caspar e Dina, e de algumas até algo superficiais mas encantadoras, como Claudia e Angie, Encontro Inesperado é um romance atribuladamente sexy e divertido. Com um engenho espectacular, Jill Mansell consegue criar situações inesperadas capazes de transmitir ao leitor a imprevisibilidade do destino e das nossas acções. Além do mais, faz-nos verdadeiramente questionar acerca da veracidade do amor à primeira vista o que, por vezes, num início de relação tanto pode ser delicioso e viciante como somente o princípio do fim. E é exactamente aí que reside a questão desta história: conseguirá Poppy encontrar a felicidade junto daquele que, numa questão de segundos, lhe arrebatou o coração... ou existirá por aí outra alma fugaz mais adequada à sua personalidade e desejos futuros?

Gostei bastante deste livro por toda a envolvência que a escrita de Jill Mansell detém. É impressionante a velocidade com que o leitor se deixa levar nos desencontros e desesperos de tão incríveis e amorosas personagens e, pessoalmente, são essas mesmas personagens que tornam cada livro de Jill Mansell tão fantasticamente único e brilhante. Uma escritora magnífica com um dom arrebatador de fazer as mulheres sonhar e suspirar por mais uma romântica história de amor onde o impossível deixa de ser inalcançável.
Deslumbrante. Arrebatador. Soberbo. Encontro Inesperado é tudo isto e muito mais! A não perder. 

4 comentários:

Elphaba J. disse...

Gostei muito da opinião miga :)

Pedacinho Literário disse...

Oh, miga, obrigada. Já sabes que adoro sempre as tuas opiniões. :)

Beijinho

Pedacinho Literário disse...

Oh, miga, obrigada. Já sabes que adoro sempre as tuas opiniões. :)

Beijinho

Thannya disse...

Só opiniões positivas. Tenho mesmo de ler este livro.

Bjs

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.