quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O Apelo da Lua, Patricia Briggs



Título Original: Moon Called
Autoria: Patricia Briggs
Editora: Saída de Emergencia
Nº. Páginas: 266
Tradução: Manuel Alberto Vieira


Sinopse:

Mercy Thompson é uma talentosa mecânica de automóveis que vive na zona de Washington. Mas ela é muito mais do que isso: também é uma metamorfa com o poder de se transformar num coiote. Como se não chegasse, o seu vizinho é um lobisomem, o seu antigo patrão um gremlin, e neste momento está a reparar a carrinha de um vampiro. Este é o mundo de Mercy Thompson, um que parece igualzinho ao nosso, mas cujas sombras estão repletas de estranhas e perigosas criaturas da noite. E se até agora Mercy sempre viveu bem nesse mundo, aproxima-se o dia em que a sua preocupação vai ser apenas sobreviver...


Opinião:

Mercy Thompson não só captou por completo a minha atenção como, ao mesmo tempo, me deixou rendida e desesperada por continuar a folhear a sua vida. Uma heroína de se louvar, frágil na sua metamorfose enquanto rodeada por todas as outras espécies sobrenaturais com as quais lida a um nível quase diário, mas ainda assim forte no que diz respeito à sua personalidade e às suas crenças. É difícil o leitor não se apaixonar pela destreza e maturidade de Mercedes Thompson, e é por isso, em conjunto com toda uma série de factores deliciosamente importantes, que esta série é imprescindível e imperdível para o mais atento e ávido leitor de fantasia urbana.

Tri-Cidades é um local relativamente pacato. A sua peculiaridade regista-se no facto de não só ser populada por humanos... como também por toda uma série de misteriosos seres como lobisomens, vampiros, bruxos e seres feéricos. Mercy Thompson não é muito diferente. Não sendo humana, também não faz parte de nenhuma destas categorias sobrenaturais, no entanto, a sua habilidade e dom são perfeitos para lhe conferir uma certa segurança no meio de tanta diversidade. Mercy é uma metamorfa, ou seja, sempre que quiser, quando quiser e a uma velocidade impressionante, ela consegue transformar-se num coiote. Este poder, chamemos-lhe assim, confere-lhe uma agilidade e um apuramento dos sentidos extremamente necessário para toda a aventura que um simples pedido de ajuda por parte de um recém-lobisomem jovem, sem casa, com fome e com frio, lhe vai proporcionar. Tendo sido criada por lobisomens, chefiada por um gremlin e com um vampiro como cliente habitual na sua oficina, Mercy aprende um pouco como tolerar, se comportar e admoestar uma situação possivelmente perigosa quando presente a uma destas espécies. O verdadeiro problema surge quando o seu vizinho lobisomem Alfa, Adam, é violentamente atacado e a filha deste, Jesse, é raptada. Assim, a única solução aos olhos de Mercy, sozinha nesta demanda, é viajar até à sua antiga terra, de onde fugiu, e pedir ajuda aos lobos que a criaram. Em conjunto com Samuel, um dos filhos do líder dos lobisomens, Bran, e mais algumas personagens intermédias, Mercedes lança-se de cabeça na resolução deste terrível mistério. Com reviravoltas inesperadas, muitas surpresas, lutas de poder entre espécies capazes de fazer correr arrepios pela coluna, uma diversidade sobrenatural imensa perfeitamente caracterizada, e um suspense e uma acção praticamente constante, O Apelo da Lua torna-se uma obra magnificamente escrita, com um conteúdo muito mais adulto e maduro não indo assim em busca de um romance forçado e concentrando-se então no que uma verdadeira heroína tem de ultrapassar, aceitar e descobrir.

Apesar de ser um livro que, ao início, custa um pouco a entrar, é a sua imprevisibilidade que o torna viciante. Com um ritmo frenético, uma escrita exímia e personagens fantásticos liderados por uma mulher de “armas”, esta obra é simplesmente perfeita para proporcionar ao leitor excelentes momentos de leitura. A verdade é que, agora com o primeiro volume terminado, não consigo aguentar mais tempo sem me deixar absorver pela continuidade do segundo livro da série, Vínculo de Sangue, recentemente publicado pela Saída de Emergência. Patricia Briggs apresenta-nos um trabalho espectacular, atento aos pormenores e desprovido de muitos dos clichés encontrados em grande parte dos livros de fantasia.
Gostei imenso de O Apelo da Lua e vou-me já agarrar a Vínculo de Sangue. Não percam esta série, é só o que vos digo. Garanto-vos que não se vão arrepender.  

4 comentários:

Elphaba J. disse...

Eu sabia que ias gostar amiga :)

Beijinhos*

Kel disse...

por todas as críticas que tenho visto, incluindo a tua, escolhi mesmo bem! :p

Bjinhos e boas leituras

Thannya disse...

Também me rendi a este livro. Achei-o muito bom. Espero ler a opinião sobre "Vínculo de Sangue" nos próximos dias - espero que não decepcione depois de um começo como" O Apelo da Lua". ;)

Pedacinho Literário disse...

Elphaba, tinhas razão. :)

Kel, escolheste mesmo! Vais ver que vais adorar. :)

Thannya, a opinião está para breve, sim. :) Não estou a contar que desiluda, pelo que tenho ouvido por aí parece que "Vínculo de Sangue" é ainda melhor que "O Apelo da Lua".

Beijinhos a todas*

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.