segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Julieta, Anne Fortier


Título Original: Juliet
Autoria: Anne Fortier
Editora: Planeta
Nº. Páginas: 505
Tradução: Irene Daun e Lorena, Nuno Daun e Lorena


Sinopse:

Julieta, um ambicioso e sedutor romance, segue a odisseia de uma jovem que descobre que as origens da sua família remontam aos amores frustrados dos dois maiores amantes da literatura: Romeu e Julieta.

Quando Julie Roberts herda a chave de um cofre em Siena, Itália, dizem-lhe que ela conduzi-la-á a um tesouro de família. A jovem lança-se numa jornada tortuosa e perigosa, mergulhando na história da sua antepassada Julieta, cujo amor lendário por um jovem chamado Romeu abanou os alicerces da Siena medieval.
À medida que Julie se cruza com os descendentes das famílias envolvidas no inesquecível conflito familiar de Shakespeare, começa a perceber que a conhecida maldição – “Malditas sejam as vossas casas!” – continua actual e que ela é o alvo seguinte. Parece que a única pessoa capaz de salvar Julie é Romeu – mas onde está ele?

Opinião:

E se descobrisse que era descendente de Romeu e Julieta?

Romeu e Julieta é, sem tirar nem pôr, a minha peça favorita de todo o reportório do lendário e extraordinário Shakespeare. Conheço o seu trabalho e sou grande fã das suas obras, venerando, por completo, esta sua peça acerca de dois amantes perfeitos amaldiçoados pelas suas casas rivais.  Por isso, já era de esperar que, quando esta fantástica obra escrita por Anne Fortier foi lançada no mercado, eu fosse a correr devorá-la! E devo dizer desde já que, Julieta, de Anne Fortier é, foi e será a melhor obra literária que li este ano. Dificilmente outro livro conseguirá ultrapassar a grandiosidade que é este Julieta.

Trespassada pela dor da perda, Julie atravessa meio mundo em busca de respostas a perguntas há muito formuladas. Desconhecedora do seu passado e da sua ligação ancestral à Julieta de Shakespeare, é com espírito de aventura e muita expectativa que ela se deixa levar numa teia de mistério, romance, mentiras e enigmas, em plena Siena moderna, à procura de algo que ela sabe faltar. No seu íntimo acredita em tudo o que escuta, em tudo o que lê e em todas as promessas que a fazem aceitar ser descendente da real Julieta, mas quando as situações se invertem e quem se julga conhecer acaba por se tornar um total desconhecido, talvez a viagem até Itália e a descoberta do seu passado não seja assim tão boa ideia. Contudo, é com força e determinação, e com a ajuda da sua irmã gémea, Janice que, na verdade, se chama Giannozza, que Julieta consegue finalmente encontrar o que tanto procura. Com um Romeu de tirar o fôlego, diálogos que fazem lembrar a peça épica de Shakespeare e uma narrativa recheada de acção e reviravoltas, prendendo facilmente o leitor às suas páginas, não tenho dúvidas de que esta obra será como que um colmatar de toda e qualquer história, posterior a Shakespeare, que reverencie o jovem e eterno casal de amantes como personagens principais e essenciais. 
Novamente, a narrativa é completamente arrebatadora. Sendo o leitor transportado entre o presente e o passado, conhecendo assim a verdadeira história de Romeu e Julieta, passada não em Verona mas na Siena medieval, e a forma como a autora intercala estas duas escalas temporais é eximia. Com pedaços da peça de Shakespeare como doçaria de entrada, todos os capítulos rapidamente se transformam numa autêntica delicia. E com isso, é impossível não deixar de dizer que a escrita de Anne Fortier é soberba e a sua criatividade e nível de pesquisa, louvável. Acredito que nunca mais irei encontrar uma Julieta e um Romeu como os dois personagens que revi neste livro. Nem mesmo uma rivalidade divina entre três casas – Salimbeni, Tolomei e Marescotti – que tão bem fazem lembrar os famosos Capuleto e Montéquio.

Um livro certamente a ter em conta. Uma aventura que fará qualquer mulher suspirar, não só por um Romeu mas também por uma Siena só sua, e uma escrita e uma história que deixará, sem piedade, um pedaço de ternura cravado no coração.
Recomendo este livro como nunca recomendei qualquer outro. 
Muito, muito bom. 

6 comentários:

Elphaba J. disse...

Parece realmente uma linda história de amor, capaz de nos comover. Estou muito curiosa com o livro ainda mais com a tua recomendação :)

Beijinhos*

p7 disse...

Gostei muito da crítica. Fiquei ainda com mais vontade de ler. ;)

Cumps
p7

Thannya disse...

Parece ser um livro excelente livro, com uma brilhante história de amor. Após ler a opinião, fiquei bastante interessada na obra.

Bjs ;)

Thamy disse...

oii amei seu post...eu me apaixonei por essa obra tbm depois dela será dificil encontrar outra
fiz um site o primeiro dedicado a obra que agora vai virar um filme tbm
o site é julietabrasil.webs.com olhem lá !!!

LenyCSM disse...

Simplesmente maravilhoso! Não tenho outras palavras para descrever esta obra :)
Fiquei tão viciada que a li em cerca de 3 dias!!

ℒ ღ disse...

Um dos melhores livros (se não o melhor) que li na minha vida.

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.