sexta-feira, 6 de maio de 2011

O Feitiço do Highlander, Karen Marie Moning


Título Original: Spell of the Highlander
Autoria: Karen Marie Moning
Editora: Saída de Emergência
Nº. Páginas: 296
Tradução: Teresa Martins de Carvalho

Sinopse:

Jessi St. James precisa de ter vida própria. Demasiadas horas passadas a estudar antigos artefactos provocaram na jovem arqueóloga um caso sério de obsessão por sexo. Quando vê um homem deslumbrante semi despido a fitá-la de dentro de um antigo espelho, pensa que só pode estar a sonhar. Mas numa fracção de segundo, é salva de um atentado à sua vida e vê-se a braços com um metro e noventa e oito de escaldante, insaciável macho alfa.
Herdeiro de arcana magia dos seus antepassados Druidas, Cian MacKeltar foi encurralado dentro do Espelho Negro há onze séculos. E quando o Espelho Negro é roubado, um velho inimigo tudo fará para reavê-lo. Para Jessi, o deus sexual dentro do espelho é divinamente real e oferece a sua protecção – ainda que Jessi não compreenda o porquê. Tudo o que ele quer em troca é o sublime prazer de partilhar a sua cama...

Opinião:

Karen Marie Moning é das poucas autoras do fantástico cuja capacidade de me impressionar e fazer envolver na trama dos seus livros tem vindo a aumentar exponencialmente. Embora os anteriores volumes da Série Highlander (O Beijo do Highlander, O Highlander Negro e Amante Imortal) não me tenham satisfeito por completo, a verdade é que O Feitiço do Highlander, além de me ter deixado totalmente boquiaberta e desejosa por mais, excedeu, e em larga escala, as expectativas. Com um enredo poderoso, místico e extremamente enigmático, mantendo o leitor em constante estado de alerta e entusiasmo, Karen Marie Moning volta a apresentar um romance intenso e sem rodeios, onde a paixão e o verdadeiro amor tomam uma posição importante num desfecho que muitas vezes se mostra complicado e de sobrevivência impossível.

O que Jessi St. James mais anseia é terminar o doutoramento e finalmente ter oportunidade (e tempo) para se aventurar em escavações de mágicos e inesquecíveis artefactos, no meio de desertos e paisagens idílicas, sem qualquer tipo de preocupação. O que Jessi St. James mais precisa, para além de uma carga académica mais leve, é de um relacionamento. Um homem que a tire do sério e que a leve em viagens de pura paixão e conforto. Porém, o que Jessi St. James encontra é um professor que a remete numa demanda ultra secreta de receber um espelho incrivelmente grande e de aspecto maravilhosamente antigo. O problema é que esse espelho alberga muito mais que simples vidro reflexivo. Um homem esconde-se para lá da ilusão, numa prisão que dura há mais de onze séculos e cuja possibilidade de término está incrivelmente próxima, o que o torna não só imprevisível e arrogante como desejoso de vingança e, claro, algum contacto humano... Será Jessi St. James capaz de resistir a tamanha beldade escocesa? E conseguirá Cian MacKeltar, poderoso feiticeiro, destruir aquele que o aprisionou há tantos anos atrás? E a praticamente inevitável relação de amizade e necessidade mútua entre os dois, será suficientemente forte para ultrapassar a quantidade de mentiras e segredos escondidos?
Em O Feitiço do Highlander a aventura e, principalmente, o divertimento está mais que garantido. Recuperando memórias e personagens de histórias anteriores, como Drustan e Dageus que, neste volume, adoptam uma posição secundária juntamente com as suas esposas mas ainda assim extremamente importante e humoristicamente deliciosa, este é um romance que entretém não só pela diversidade como pela fascinante intensidade e complemento mútuo que as personagens principais partilham entre si. Escrito num tom divinalmente divertido e de forma leve, gráfica, visual, Karen Marie Moning encaminha o leitor para mais uma incrível viagem pelas belíssimas paisagens das Highlands onde a magia deixou de ser um mito para se tornar realidade. Num enredo intricado, cheio de suspense e intriga, mistério e segredos, O Feitiço do Highlander define-se como uma obra vibrante, extraordinária e viciante, dentro do género do fantástico mais sensual, mas deixando, desta vez, a sexualidade um pouco de lado e dando mais ênfase e importância à delicada ligação entre os personagens e aos sentimentos profundos desenvolvidos ao longo da narrativa.

Pessoalmente, mal posso esperar pela publicação da restante série, pois Karen Marie Moning conseguiu conquistar-me de tal forma que até eu fiquei surpresa. Acredito que quem gostou dos volumes anteriores vá, sem sombra de dúvida, não só adorar como devorar este O Feitiço do Highlander. Uma excelente aposta da Saída de Emergência, e uma autora que espero continuar a ver pelo mercado nacional. Gostei imenso.

4 comentários:

Mac disse...

não há mais... este é o 7º livro e o 8º é apenas um conto...

talvez publiquem os anteriores, visto que o primeiro livro publicado em Portugal é o 4º livro publicado nos EUA.

este por acaso foi o que menos gostei da série, o meu favorito é o Beijo do Higlahnder e o primeiro que saiu nos EUA que não temos cá

v_crazy_girl disse...

Tenho este livrinho cá em casa à espera para ser lido...

estou a ver que tenho que lhe pegar o mais rapidamente possível!

Bjs*

Diana disse...

Tenho muita curiosidade nesta autora!

Pedacinho Literário disse...

Diana, é uma autora porreira. Embora não me tenha enchido as medidas com os primeiros livros publicados em Portugal, achei este último muito bom. Dá-lhe uma espreitadela ;)

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.