quinta-feira, 31 de março de 2011

Tabu, Jess Michaels



Título Original: Taboo
Autoria: Jess Michaels
Editora: Quinta Essência
Nº. Páginas: 237
Tradução: Maria Emília Ferros Moura


Sinopse:

Cassandra Willows fez nome como uma das mais procuradas costureiras de Londres e como criadora de ‹‹brinquedos›› íntimos muito apreciados nos quartos das damas e dos cavalheiros da elite. Mas o seu êxito não pode aliviar a culpa e a dor devido a uma traição devastadora.
Nathan Manning, conde de Blackhearth, nunca irá perdoar à bela Cassandra tê-lo abandonado sem uma palavra no dia em que iam fugir. Agora está de volta a Londres e desejoso de vingança. Munido de memórias escandalosas e provocantes, o belo e vingativo conde chantageia a sua ex-amante, forçando-a a um romance ilícito... e reacende o fogo ardente que antes consumira ambos.
Mas ao perderem-se no êxtase erótico renascido, Nathan e Cassandra estão a tentar a sorte — ficando vulneráveis a um passado que ainda ameaça destruir as suas vidas e a sua paixão; à mercê de segredos sombrios e tácitos que são chocantemente, perigosamente... tabu.


Opinião:

Dotado de uma beleza sem igual, Tabu é um livro recheado de sensualidade e luxúria, capaz desafiar o leitor a um nível extremamente alto. Jess Michaels apresenta uma história provocante e lasciva, que guia o seu público numa aventura íntima pelas saias e costuras de uma época estimulante e imensamente perspicaz e tentadora. Num ambiente histórico cheio de formalidades e indirectas, com maravilhosos insultos à moda antiga, Tabu é e será sempre uma leitura agradável e demoniacamente sedutora. Esta é uma viagem que qualquer apreciador do género não deverá, de certo, deixar passar ao lado. 

Numa época em que a felicidade é movida pelo dinheiro e pelo estatuto social, Cassandra Willows faz os possíveis por deixar o passado no passado e se concentrar num futuro economicamente mais estável. Por isso, quando, ao finalizar verbalmente a encomenda de um vestido por parte de Lady Worthington dá de caras com uma antiga e fulminante paixão, Nathan Manning, desaparecido há quatro anos em viagens na Índia, automaticamente Cassandra apercebe-se de que uma decisão tomada no passado voltou para a assombrar. Quanto a Nathan Manning, um eterno sofredor por um amor que julgou estar ao seu alcance, ao ver Cassandra, rapidamente deixa um sentimento de pura vingança e desejo preencher o vazio até então sentido. Sabia que seria uma questão de tempo até os dois se encontrarem novamente mas nunca antes havia acreditado ser capaz de sentir tamanha represália por tão delicada mulher, e é assim que toma a decisão de afrontar Cassandra,  dando início a uma louca e intensa perseguição e luta pelo controlo, num acordo que, uma vez consentido, mudará para sempre a vida de ambos. Apesar de ainda nutrir algo por Lord Blackhearth, Cassandra somente se sujeita aos desejos e caprichos de Nathan ao ver que a sua reputação de aliciante costureira poderá ser rapidamente destruída, expondo assim a sua secreta segunda faceta de criadora de ‹‹brinquedos›› sexuais, muito apreciados por parte da alta sociedade e por alguns seus ex-protectores. Desse modo, a guerra pelo domínio sexual e pela concretização de uma vingança há tanto desejada fica aberta... mas será que os dois sobreviverão à mesma sem se deixarem levar por um amor antigo e demasiado próximo?
Ainda que seja um romance extremamente sexual, com um tipo de linguagem muito aberta e explícita, em nada se traduz numa história oca e desprovida de sentido ou conteúdo. As personagens são encantadoras, desde Cassandra com a sua força e determinação a Stephan Undercliffe, um homem bondoso e eximiamente amigo, passando por Nathan Manning/Lorde Blackhearth com toda a sua esplendorosa convicção e poder e Elinor Clifford, mulher de grande astúcia e bravia aquando confrontada, entre outros. Também as descrições e costumes da época se mostram interessantes, ainda que adquirindo uma importância  bastante secundária, uma vez que toda a componente física e sexual arranca aqui o papel de destaque, assim como a relação em constante desenvolvimento entre as duas personagens principais.

Tabu começou por me conquistar logo pela extrema beleza da sua capa, de tons suaves e delicados numa imagem tanto sensual como apelativa à época da acção, mas felizmente não se ficou por aí. Apesar de ser de um cariz declaradamente sexual, a verdade é que o romance, para o género a que pertence, tem uma força e uma vitalidade decididamente atractiva, e é por isso que, pessoalmente, não descansei enquanto não devorei a última página. Porém, e por todas estas razões, é um livro que não aconselho à camada mais jovem por ser capaz de se tornar inapropriado para a mesma (ainda que, novamente, a capa apele  tanto ao mais inocente como ao mais ávido dos leitores).
Um romance estimulante, capaz de arrancar os mais profundos dos suspiros. Uma história que cativa, que agarra e, principalmente, que delicia o leitor. Uma muito agradável e inesperada surpresa.  

11 comentários:

Guerreiro disse...

Bem, uma opinião esplêndida que me deu prazer ler, este livro já está definitivamente na lista de Wishlist! Vou tentar a sorte nos passatempos. ;o)
Bjs

Pedacinho Literário disse...

Guerreiro, espero que tenhas sorte. É um livro bastante porreiro apesar de ser claramente um romance histórico sensual. Acaba por ser uma boa distracção entre leituras de outros géneros um pouco mais intensos e pesados.

Beijinho e boas leituras!

Mira disse...

NHAMI NHAMI!!! E O MEU DEVE ESTAR QUASE QUASE A CHEGAR =DDDDDD

Pedacinho Literário disse...

É mesmo, Mira! Espero que gostes da leitura ;)

Hanna disse...

Creio que este livro não foi publicado no Brasil :/
Quero muito lê-lo!
Como faz? D:

Pedacinho Literário disse...

Olá, Hannah

Pode adquirir o livro directamente na livraria online www.mediabooks.com. É um livro que vale a pena. Aproveite!

Bombocaa disse...

E é daqueles que se deixa ler num instante :)

Pamella disse...

Olá por ser um Livro em português de portugal, o site www.mediabooks.com, entrega normamente aqui em São Paulo

Juanitah Nunes disse...

gostei bastante deste livro.. embora de cariz sexual, traduziu-se numa leitura bastante leve e envolvente.. mas ficou um pouco aquém das minhas expectativas.. não e' viciante como a capa espectacular!

Gisela disse...

Alguém me pode arranjar este livro é que eu gostava muito de ler? :)
Beios

Sandra disse...

Li este livro esta semana e gostei banstante!! É como diz um livro leve que proporciona bons momentos de distracção! e a capa é tão linda...foi amor à primeira vista! hehe :) beijinhos

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.