quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Os Céus de Montana, Nora Roberts


Título Original: Montana Sky
Autoria: Nora Roberts
Editora: Chá das Cinco
N.º Páginas: 400


Sinopse: Quando Jack Mercy morreu deixou um rancho no valor de muitos milhões de dólares. Agora, as suas três filhas – cada uma nascida no seio de um casamento diferente e sem ligação com as irmãs – reúnem-se para ouvirem a leitura do testamento. Mas as jovens ficam chocadas ao descobrirem que, antes de qualquer uma delas poder herdar a sua parte, terão de viver em conjunto no rancho durante um ano. Será isso possível sendo irmãs...mas completamente estranhas?
Cedo vão ter de descobrir, pois ao herdarem o rancho também herdaram um antigo inimigo. E se o azedume e as feridas antigas as dividirem, serão destruidas sem piedade.


Opinião:

Está mais que provado que Nora Roberts é uma mestre a contar histórias. Os seus romances, para além de lindíssimos, contam sempre com personagens vincadas, fortes e que permanecerão na nossa mente por muito, muito tempo. Foi assim que fiquei quando terminei Os Céus de Montana – completamente arrebatada pela magnitude de personalidades perfeitamente caracterizadas e pelos exímios cenários que a autora nos descreve da própria Montana. Por diversas vezes consegui imaginar-me exactamente lá, no meio das montanhas com um céu magnífico como companhia e um rancho de se louvar. Cada vez que me lembro da casa de Willa e os longos e acolhedores pastos sinto os pêlos do braço eriçarem-se; simplesmente, maravilhoso.

Quando Jack Mercy morre, vítima de cancro, Willa acredita finalmente ir herdar aquilo com que sempre sonhou – o rancho da família. No entanto, no testamento de Jack, este torna tudo bem claro quando diz que cada uma das suas herdeiras só receberá a sua parte após partilharem a suas vidas, e o rancho, entre elas durante o período de um ano. Como se isso não fosse mau o suficiente para Willa, esta recebe ainda a notícia de que, caso a vontade do pai não seja tida em conta, o rancho será gratuitamente entregue ao Estado. Assim, ela não só vê o seu sonho ir por água abaixo, como desesperadamente se apercebe de que terá de conviver, no seu racho, com duas mulheres que não conhece nem lhe dizem nada. Tess e Lily, as suas irmãs, não podiam ser mais diferentes. Tess é guionista em Hollywood, conhecida no seu meio de trabalho, e está completamente contra o facto de ter de se mudar para Montana, um lugar onde nada acontece e ninguém a conhece. Lily, a irmã do meio, é a única que verdadeiramente não se importa com a mudança. Tendo sido casada e vítima de abusos por parte de um marido que afirma a amar mas que a usa como saco de tortura, pensa conseguir encontrar em Montana um refúgio e alguma protecção. Finalmente, Willa é ainda mais o oposto das duas anteriores. Com uma atitude grosseira, personalidade de “durona” e sem admitir que alguém mande em si, é a que vai ter de sofrer uma maior transformação se quer, no final de contas, reaver o seu rancho e amor. Conjuntamente com três magníficos homens que irão acelerar o coração das nossas protagonistas, e o mistério que envolve o súbito aparecimento de diversos animais mortos, Nora Roberts apresenta-nos um romance poderoso, com vastas chamas e toques de mistério, suspense e drama.

Apesar de não conhecer a grande maioria das obras já publicadas de Nora Roberts, a autora conseguiu-me conquistar com Os Céus de Montana, um romance lindíssimo, com descrições paisagísticas dignas de um sonho e personagens muito fortes. A forma como a autora consegue surpreender o leitor é simplesmente brilhante e penso que essa é uma das suas melhores características. Por entre prados, montanhas e gargalhadas, este é um romance que recomendo aos apaixonados e sequiosos por um bom livro.
Gostei muito.

4 comentários:

Paula disse...

Um dia destes tenho de ler a autora :)

A minha biblioteca disse...

Ando a namorar este livro à algum tempo...
Tenho que o ler

Adilia disse...

Olá, AMO de PAIXÃO os livros da Nora Roberts, mas será que podia ter mais livros em (eBook), para poder fazer download gratuito? Obrigada.

Misa disse...

Eu sou uma das milhares de fãs desta autora. E, na minha opinião, este é um dos melhores livros que ela publicou.
Cada vez que termino um livro da Nora Roberts, fico com uma sensação de dejá vu, mas com este isso não aconteceu. A autora conseguiu criar um mistério envolvente, o que faz com o leitor pense que tem o assunto completamente deslindado, mas no final estava completamente enganado.
Recomendo!

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.