sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Anjo Caído, Lauren Kate


Título Original: Fallen
Autoria: Lauren Kate
Editora: Planeta
Nº. Páginas: 326
Tradução: Inês Castro


Sinopse:

Existe qualquer coisa de dolorosamente familiar em Daniel Grigori.
Misterioso e distante, prende a atenção de Luce Price logo que o vê no primeiro dia de aulas no internato Sword & Cross, em Savannah. É a única coisa boa num lugar onde os telemóveis são proibidos, os outros estudantes são tramados e as câmaras de segurança vigiam todos os movimentos.
Excepto uma coisa: Daniel não quer ter nada a ver com Luce e faz o possível para tornar isso muito claro. Mas ela não consegue desistir. Atraída para ele como uma borboleta para uma chama, Luce tem de descobrir o que Daniel, desesperado, tenta manter em segredo... mesmo que a mate.
Perigoso, excitante e sombriamente romântico, Anjo Caído é uma apaixonante e perfeita história de amor.


Opinião:

E se a pessoa que lhe estava destinada nunca pudesse ser sua? Esta é, sem dúvida, a premissa que simboliza e constrói um rumo na história deste livro. Um amor impossível, não porque estamos perante diferentes espécies, como acontece nos livros de vampiros, mas porque um dos elementos acaba sempre por morrer, inexplicavelmente, antes do seu tempo. E é essa infindável busca pelo porquê, pelo como e pelo quando que confere um rumo muito característico à narrativa. Penso que, neste livro, o leitor tem de estar preparado e, acima de tudo, tem de conseguir ler nas entrelinhas, e isso porquê? Porque, ao contrário da grande maioria das histórias que por aí andam, de romance paranormal, esta história não coloca logo as cartas na mesa. O leitor é transportado para a vida subitamente alterada de Luce Price, presenciando os seus problemas, as suas revoltas, os seus desejos... mas sempre adquirindo um nível muito baixo, embora contínuo, de informação. Isto é, o fundamento da narrativa vai-nos sendo apresentado a conta-gotas, ao invés de ser uma grande descoberta a meio ou no final do livro. Não, isso não sucede, pelo menos não dessa forma. Continuamos a ser surpreendidos por um final estrondoso onde certas respostas irão ser transformadas em novas perguntas, mas à medida que o leitor vai percorrendo as páginas, depara-se com uma persistente colocação de perguntas a si mesmo sobre os personagens, as suas atitudes, o que possivelmente acontecerá a seguir, e isso é o que torna este livro mágico. Esqueçam tudo resto e deliciem-se com uma experiência totalmente diferente. É fantástico encontrar, ao fim de tantos outros livros passados, neste género, um livro que finalmente apresenta uma escrita muito mais madura, muito mais adulta, que nos permite estar constantemente a questionar o que é lido. Aquele frenesim tão característico destas histórias, em que o leitor não consegue aguentar mais pelo pico final da história, aqui é levado totalmente a outro nível. O facto de estarmos cientes do dia-a-dia de Luce faz com que tenhamos um conhecimento muito mais profundo da sua personalidade, logo, sentimo-nos muito mais em sintonia com ela. Isso torna também possível que tudo o que ela sente, nós sentimos, tudo o que ela pensa, nós pensamos, e todas as pequenas descobertas que ela vai desvendando ao longo destas páginas são como um doce para uma criança. E é no juntar das pequenas coisas que está o ganho, que está a verdadeira essência deste livro.
A acrescentar a isto tudo, temos uma permanente indecisão por parte de Daniel, por quem Luce se apaixona perdidamente, sentindo-se confusa pelos súbitos ataques de distância e conforto que ele lhe proporciona; temos Cam, um rapaz misterioso mas super amistoso, simpático e carinhoso, que se apaixona por Luce e que torna toda a situação com Daniel ainda mais complicada, revelando-se, por fim, em algo que não estamos, de todo, à espera; Arriane, uma eterna louca de pensamento que abraça Luce como sua protegida; Penn, uma jovem solitária que encontra, finalmente, um lugar no mundo e muitas, muitas outras personagens, embora mais secundárias, e locais que desencadeiam uma fulminante série de encontros e desencontros, enganos e certezas. Abrindo com uma intenso e poderoso Prólogo, passando por um desenvolvimento exímio e terminando num Epílogo de cortar a respiração, deixando no ar tantas e tantas perguntas, gigantescas dúvidas e secretos pensamentos do que possa ter mudado, este é, sem dúvida, um livro que irá agradar a muitos leitores do fantástico. Foram-se os vampiros, agora chegou a hora dos anjos. E que anjos, estes!

Leiam este livro, ofereçam-no no Natal, não interessa... Apenas façam qualquer coisa com ele. Uma leitura incrivelmente agradável, impulsiva, intensa, com um amor cheio de força, que merece ser lida por todos vós. Adorei este livro. Simplesmente, adorei. Não se nota?  

6 comentários:

Maria João disse...

É mesmo assim tão bom? Por norma não sou fã de romances. Histórias de amor puras e simples. Gosto de amor metido no meio de uma trama e como parte dela, nada mais e chateia-me absolutamente ler histórias de amor (banais) entre seres especiais e humanos (tipo vampiros, anjos, etc). Mas confesso que fiquei tentada.

Jojo disse...

Oi!
Eu gostei do livro mas criei demasiadas expectivas desde que li o prólogo em inglês. Esperava melhor. Mas vou esperar pela continuação ansiosamente... e aí vou concluir a minha opinião.

L.C.Lavado disse...

Eu recebi este livro no meu aniversário há alguns meses mas ainda não o li... parece que o tenho de passar para o topo das próximas leituras ;)

Elphaba J. disse...

Fiquei muito curiosa com a tua opinião, sinceramente não estava a depositar muita fé nesta história, mesmo com receio que se trata-se de mais uma história de amor sobrenatural… a tua opinião vem mudara a minha perspectiva de encarar a história. Vou estar atenta a uma oportunidade para o adquirir =) Beijinhos*

v_crazy_girl disse...

Esta semana devo receber este livrinho cá por casa! Com tanta crítica positiva estou cada vez mais curiosa!!

Isabel disse...

Eu a-d-o-r-e-i!!!! Eu tenho um gosto especial por romances, principalmente se envolvem o sobrenatural...

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.